Top 5 Leituras 2015

Tal como no ano passado decidi fazer um Top 5 das melhores e piores leituras de 2015.
Não foi o ano muito bom. Ou ando esquisita ou a fazer más escolhas nas leituras. E até mesmo para o objectivo do Goodreads se não tivesse lido uns quantos mangá não sei se teria conseguido atingi-lo.

Portanto a maioria dos livros que li foram razoáveis. Nada de especial…meh. Contudo consegui, sem pensar muito, escolher 5 dos melhores e 5 dos piores.

Os  piores.

giphy

Sim a reacção para muitos deles foi esta, à excepção de os atirar pela janela…estava fechada!!! (brincadeira)

bad1

Resumindo: Todos eles foram uma seca. O “Til this season” são 4 contos eróticos praticamente iguais, só varia o nome dos personagens. O “Tentada” já nem me lembro da história mas sei que não gostei dele. Tive expectativas altas quando o li porque tinha gostado bastante do anterior da autora. “Tatuagem não tem jeito nenhum. Tipo a miúda faz uma tatuagem de um desenho que a liga a um gajo mau qualquer. Soneiiira. O “Tentada ao cair da noite” nem de noite nem à tarde ou de manhã me sentia tentada a ler. E o “Quatro”…desilusão. Nada de novo que não se soubesse antes, foi uma perda de tempo.

Os melhores: 

belle_book_gif.gif

Uhhh serio????

good1

Tal como aconteceu em 2014, o primeiro lugar pertence a um livro da Anne Bishop. Oh Deamon Sati…tenho saudades tuas e dos outros todos. “romance com o duque” foi um docinho. Um história muito bonita e encantadora. Do “Para além da meia-noite” não tenho muito a dizer. Ou melhor…não me lembro de nada para dizer. O “Letal”… mexeu com o meu inconsciente. Gostei imenso do livro apesar de os policiais não serem a minha onda gostei muito deste. Apesar de não ser assustador o meu inconsciente foi buscar o inicio da história e fez-me pesadelos. Sonhei que tinha entrado alguém em minha casa e me ia matar. Credo.  O “Eleonor e Park”, cuja opinião se encontra algures no blog, foi uma história muito bonita. Divertido e com muitas recordações dos anos 80. É incapaz de não causar sorrisos e eu gosto imenso quando os livros são divertidos e ternos para me fazerem sorrir.

 

E foi isso… o bom e o mau. A ver como me corre as leituras em 2016. Se calhar não devia ler nenhum livro da Anne Bishop para dar oportunidade a outra autora de ficar com o primeiro lugar. LOL

Até ao próximo post.

 

Anúncios

Top 5 leituras de 2014 (Os piores)

E estou de volta com o top 5 dos piores livros que li em 2014. Aqueles que foram  uma verdadeira perda de tempo. Aqueles que me fizeram bocejar, desesperar ou…

giphy9

Portanto vamos a isto!!!!

numero-imagen-animada-0046

Desculpa, mas vou chamar-te amor – Federico Moccia

1509866_682855295091231_955703687_nEste livro foi lido, como se costuma dizer, na diagonal. E porquê? Não simpatizei nada com os personagens. Era tudo demasiado espalhafatoso. Demasiado…Italiano. Eu não tenho nada contra os Italianos, atenção, mas é muito alarido. Não tive paciência para ler o livro portanto vi o filme só para saber o que acontecia no fim.

numero-imagen-animada-0124

A vida por um fio – Janet Evanovich

10624570_813749092001850_83855310441629794_nEu gosto da Janet. Os primeiros livros dela que gostei deles, incluindo os livros aqui da Stephanie Plum. E ainda estive indecisa entre este livro e o O Golpe que também não o achei nada de especial.

Escolhi este para porque como gostei dos outros livros que li, este não gostei tanto. É suposto ser um policial, ter mistério e afins mas…há o fator que metade das vezes me irrita que é: parvalheira a mais. Humor a mais. Tanto humor que chega a ser irritante e perde a piada. Torna-se parvo e para parva já basto eu.

numero-imagen-animada-0133

A noiva prometida – Bapsi Sidhwa

1620441_661980803845347_1189546827_nEste livro chamou-me à atenção pela capa. Li a sinopse e pareceu-me interessante, tanto que o trouxe da biblioteca cá para casa. Meh…nada a dizer. Ficou aquém das expectativas.

numero-imagen-animada-0177Lavínia – Ursula K. Le Guin

1512660_655010187875742_830688954_nNão me ficou…absolutamente…nada…guardado na memória sobre este livro. Nada, niente, nicles picles.

Também  trouxe da biblioteca. O que cheguei à conclusão que não vale a pena trazer mais livros de lá porque acerto sempre nos chatos e com tantos bons que tenho cá por casa.

E finalmente chegamos ao primeiro lugar. O pior dos piores…aquele que mais me arrependo de o ter aberto e lido. Que foi o livro que me fez querer bater com a cabeça na parede. Que me torrou os neurónios todos… a maior merda que li este ano.

E o primeiro lugar dos livros… giphy6

…vai para…

numero-imagen-animada-0031

Frutos Proibidos – Sylvia Day

1546072_659453184098109_1763901600_nOh.my.goodness.

Eu sei que houve muita gente a gostar. E eu gostava de dizer algo bom sobre este livro.                        giphy5

A escritora aventurou-se no género fantástico e na minha modesta opinião aventurou-se muito mal. Devia ter ficado quietinha porque isto não teve jeito nenhum. Vejamos a base da estória é um gajo todo bom que entra nos sonhos de uma gaja e esses sonhos são nada mais nada menos que sonhos eróticos. Really? A razão da vida dele é entrar nos sonhos das gajas e coisar com elas!!!! E depois aparece-lhe à porta em carne e osso e “coisam” ainda mais enquanto parece que o mundo está em perigo??? O mundo está em perigoso por eles andarem nisto o tempo todo? Isto para mim não teve jeito nenhum. Uma estória que não foi credível, não fez sentido e eu não tenho nada contra os eróticos, já li alguns muito bons, e sou fã do género fantástico. Mas a tia Sylvia tentou misturar as duas coisas e não correu da melhor maneira. O resultado foi..

                                                      .giphy7

E pronto…este foi o meu top 5 dos piores livros lidos em 2014. Aqueles que só relia se me dessem o prémio do euromilhões.

Top 5 leituras de 2014 (Os melhores)

Ora bem, com a chegada do fim do ano decidi fazer um balanço com os melhores e piores livros que li durante 2014.
A tarefa não foi fácil. Li cerca de 78 livros e é complicado no meio de tantos escolher os premiados mas aqui vai. Vou começar pelo Top 5 dos bons.

graphics-numbers-296946

The falling of love – Marisa Oldham

22313947Quando comecei a ler este livro (formato e-book) estava cheia de medo de não gostar dele. E estava com medo porquê? Porque foi a própria Marisa, que é super simpática que me deu o livro para ler. E eu peguei no Tablet abri o livro e só tinha na cabeça ” e se eu não gosto, o que lhe digo? além disso eu não estou habituada a ler em Inglês e se eu não percebo metade das coisas?”. Felizmente não tive nenhum destes problemas.

O livro fala sobre o amor, como este pode ser avassalador. Conta a estória de Grace e Ian, dois jovens adolescentes (no inicio do livro) que se apaixonam e que vivem um amor muito bonito, muito terno. Ela é doce e inocente, ele o bad boy que quer ser estrela de rock. Obviamente que as coisas não correm bem, há problemas com drogas, amores e desamores e no geral foi um livro que me provocou bastantes sentimentos contraditórios. Fiquei feliz, zangada, indecisa e aqui foi um ponto decisivo para a escolha do quinto lugar. Gosto de livros que me provoquem muitas reações diferentes. Portanto no final fiquei eu feliz e creio que a Marisa também. Tenho a opinião algures aqui pelo blog

.graphics-numbers-467511
Nunca seduzas um escocês – Maya Banks

10366317_714850368558390_7000293500976377042_nA pequena pérola das Highlands. O melhor livro da Maya Banks que já li. Uma estória muito bonita e encantadora. Fui incapaz de não ficar rendida à Eveline e ao Graeme e ao seu amor surpreendente e que, uma vez que pertenciam a clãs diferentes, não era suposto acontecer.
Aqui, o problema de Eveline e a aceitação do mesmo foi enternecedor. Um livro bem escrito, estória bonita e coerente, valeu-lhe o 4ª lugar. E além disso…também não se consegue resistir a Highlanders.

graphics-numbers-887638

Shadowfell – Juliet Marillier

th_72414cb6a57e756d13984d10339137c1_1352734868shadowfellAdorei a estória de Neryn e a sua demanda para chegar até Shadowfell. Um mundo mágico, cheio de criaturas extraordinária e personagens cativantes. Adorei o Flint e o seu amor proibido por Neryn conquistou-me por completo. Foi uma das razões que me levou a ler esta trilogia num ápice. Estava sempre a querer saber quando eles se reencontravam, se eles iriam finalmente ficar juntos. Interessei-me mais pelo amor deles que propriamente a luta dos rebeldes contra o rei tirano.

graphics-numbers-312661

O café do amor – Deborah Smith

o café do amorTão bom que quase o podia colocar em primeiro lugar. Maravilhoso mesmo. Uma estória de duas vidas marcadas pela tragédia mas que não se torna nem demasiado dramático nem lamechas. Os personagens apesar das feridas internas têm sentido de humor, laços de amizade forte e mostram que quer este sentimento quer o amor pode fazer milagres, pode fazer ultrapassar o mais trágico problema.

Impossível resistir a  Cathryn, ao Thomas e a todos os outros personagens. Tem o seu drama, é verdade. Tinha de ter. Mas tem tudo na dose certa e foi aquele livro que quando o terminei pensei para mim mesma: “bolas, porque só o li agora?”

graphics-numbers-581662

E em primeiro lugar

A Senhora de Shalador – Anne Bishop

shalador__s_lady_by_wishmistress-d33unyxTotalmente arrebatada pelo mundo, pela escrita e pelos personagens criados por esta autora. Principalmente após ter lido o Sebastian há algum tempo e não ter gostado por aquilo ser muito esquisito. Portanto este livro, juntamente com o Aliança das Trevas, foi uma surpresa muito boa.

Foi o único livro que já li em que me apaixonei por quase todos os personagens masculinos. Lol. Ora vejamos…temos o Deamon, o Gray, o Lucivar, o Ranon também…quase todos menos o Theran e é só porque é parvo. E ainda me apaixonei por dois Sceltitas que traduzindo são dois cães irrequietos.

Um livro que terminei e fiquei com “fome” por mais.

E estes foram os felizes contemplados.

graphics-fireworks-088653graphics-fireworks-088653graphics-fireworks-088653

Todos os livros têm a opinião aqui no blog exceto o da Maya Banks.

Amanhã voltarei com o Top 5 dos piores. Stay tuned.

giphy4