Frase do mês – Julho 2016

A frase do mês de Julho pertence ao livro “Amor em quarto crescente” da Sherrilyn Kenyon, uma autora que gosto muito de ler mas que infelizmente só é lançado um livro por ano.

E no seu regresso, SK conta-nos a história de Fang do clã de lobos Katagaria e de Aimee do clã de ursos Peltier.

Para quem costuma acompanhar a serie sabe que existem os predadores da noite, os predadores do homem e dos sonhos. Honestamente as  histórias dos predadores do homem não são as que mais gosto, mas isto está tão interligado e com tanta personagem que eu já nado muitas vezes à nora. Mas isso não me impediu de apreciar este livro em que, curiosamente e obrigada Sherri, os protagonistas não passam 80% do seu tempo na cama. Aliás a parte do romance proibido foi boa e o casal é engraçado e terno. Não foi um livro extraordinário mas bom de ler e bom para matar saudades de muitos dos personagens que são a chave essencial desta saga.
E é de uma dessas personagens a que pertence a frase que vos trago hoje. Por norma estamos habituados à versão mais engraçada dela e à sua vontade de comer qualquer coisa com molho barbecue. Sim, falo da Simi que todos os fãs de SK  adoram. Eu gostei muito desta frase. Acho-a muito certa e sem dúvida que os laços familiares vão muito para lá do sangue. Há aquelas pessoas que nos tocam no coração e que também os consideramos família. E certo modo tão ou mais especiais, porque somos nós que os escolhemos.

 

frase1

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: