Eleanor e Park [Opinião]

1507-1     Classificação

-i128_photobucket_com-albums-p179-mugglemonkeycrak-random-rainbow_star-i128_photobucket_com-albums-p179-mugglemonkeycrak-random-rainbow_star-i128_photobucket_com-albums-p179-mugglemonkeycrak-random-rainbow_star-i128_photobucket_com-albums-p179-mugglemonkeycrak-random-rainbow_star

Eleanor e Park seria um livro que me teria passado completamente ao lado se não fosse uma promoção feita pela editora a propósito do dia dos namorados. E se eu não tivesse aproveitado a promoção, para além de não ter uma capinha personalizada com o meu nome e do meu namorado, estaria a perder um livro muito bom. É giro demais. Daquelas pérolas inesperadas que estão sempre a fazer-nos sorrir, que nos impedem de fechar um livro e que pensamos ‘’ para isto ser mais doce só faltava ter aqui uma taça de gelado’’.

Park é um miúdo meio coreano, anda na escola secundária, com amigos mas ainda assim tem um aspeto meio esquisito. Eleanor é a aluna nova, de cabelo Ruivo rebelde, usa roupas de homem, com excesso de peso, a vítima perfeita para os miúdos populares da escola. E ainda assim, estes dois inadaptados sentam-se todos os dias lado a lado no autocarro, até que algo mágico acontece e ambos acabam por se apaixonar. Delicioso, subtil, divertido. Adorei estes dois. Que par tão incrível. Apesar das diferenças, apesar da aparências e até das dúvidas ambos estão ali um para o outro, Park a fazê-la sorrir quando Eleanor está mais em baixo, ela a acha-lo tão giro a ponto de querer comer-lhe a cara de tão fofo que ele é.  São mesmo engraçados.

eleanor 11

De referir que a acção do livro decorre em 1986 e é interessante esta viagem ao passado, às referências daquele tempo, de como eram as coisas naquela altura, foi mesmo muito bom. No meio de tanto livro onde as histórias decorrem em tempos atuais ou livros históricos este foi uma lufada de ar fresco e tendo eu nascido nos anos oitenta e crescendo a ouvir relatos foi muito fácil gostar do livro de perceber como as coisas decorriam na altura, as dificuldades.

E obviamente que me identifiquei com os walkman, com os problemas de não ter pilhas, das cassetes virgens da Maxwell, e passar horas a gravar e regrava-las. Ainda apanhei esse tempo, sou old school. 🙂

Mas nem tudo é bonito e perfeito no livro. Há também a vertente emotiva que também é bastante tocante. Eleanor para além do bullying escolar vive ainda com dificuldades. Numa casa com um ambiente violento e opressivo, Eleanor foi posta fora de casa pelo padrasto, quando volta tem de partilhar o quarto com os quatro irmãos, tem de tomar banho apressadamente quando o padrasto não está em casa e inclusive ela não tem uma escova de dentes. É perturbador e comovente a vida de Eleanor, mas depois há Park, disposto a fazer tudo por ela.

O único senão deste livro…o final. Acabei de ler e pensei: ‘’então isto acaba assim? Mas que m**** (eu fico muito revoltada quando o final não é o que espero. Fico muito zangada e muitas asneiras à mistura). Eu simplesmente quero mais, quero saber se as duas palavras que Eleanor escreveu no postal foram as que pensei. Eu quero mais Eleanor e  Park.

bg1

Quer a primeira imagem que usei para os teasers quer as seguintes, foram encontradas na net, feitas por fãs pelo que percebi. Achei tão giras que tive as as colocar.

5581491tumblr_mztuhtrxHO1tqgzc6o1_1280

Advertisements

7 comentários (+add yours?)

  1. Marisa Luna
    Abr 06, 2015 @ 20:47:15

    Olá!!!

    Gostei muito da tua opinião sobre este livro.
    Cada vez fico com mais vontade de o ler!
    Beijocas e boa semana

    Liked by 1 person

    Responder

  2. Carla Ramos
    Abr 07, 2015 @ 12:47:52

    Também fiquei tão irritada quando acabou. Em negação mesmo, do tipo, nãaao, isto não pode acabar assim, tem de haver mais. Mas, mas, quais são as palavras???
    E ainda me estou a conformar. Tocou-me bastante mesmo.

    Liked by 1 person

    Responder

    • Verónica Silva
      Abr 07, 2015 @ 13:10:05

      Foi mesmo uma chapada na cara. Eu ainda fui ao site da autora ver se havia continuação mas não há. Acho que o final é para cada um entender por si.
      Se calhar nem ela conseguia decidir-se e escreveu assim.

      Gostar

      Responder

  3. Andreia Dias
    Abr 27, 2015 @ 21:48:13

    Realmente, uma pessoa fica a pensar porque aquilo termina assim!
    Tenho esperança que faça mais um livro a continuar este!

    Liked by 1 person

    Responder

  4. Trackback: Resumo de Leituras [Abril] | So Many Things I Like

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: